top of page

Transforme-se!


Sempre vamos ter momentos em que tomamos atitudes impulsivas, dentro do nosso quadro psíquico. Vamos sempre ter momentos em que tomamos uma ação pensando em acertar e acabamos não medindo as consequências. Isso poderá trazer resultados os quais não esperávamos. São estas consequências que teremos que enfrentar.


Escolhas, renúncias e consequências fazem parte do nosso caminho. Renunciamos melhores ideias quando nos tornamos impulsivos. Renunciamos conversas e esclarecimentos. Escolhemos, muitas vezes, um caminho que não é o melhor e isso fere a nós mesmos e até mesmo quem vive a nossa volta. As consequências, quando tomamos ações impulsivas, são ruins, por isso precisamos raciocinar mais antes de tomar uma atitude.


O sequestro da nossa amígdala cerebral, relacionada às nossas emoções, faz com que tenhamos ações que são tomadas sem pensar. Todas estas ações precisam ser avaliadas, especialmente quando as consequências não são os melhores resultados. Logo, quanto menor for o sequestro da amígdala, maior a razão que teremos, consequentemente, menores conflitos.


"Transforme-se com os erros!"

Aprendemos mais com nossas falhas do que com nossos erros. Transformar-se é o caminho para que possamos ter uma vida melhor. Precisamos pensar mais antes de agir, antes de tomar uma atitude a fim de causar qualquer reação a alguém ou a algo. A pessoa ferida pode se aquela que mais amamos. Transforme-se!


Abraham Lincoln, Presidente dos Estados Unidos, tinha uma frase muito válida para este momento que diz o seguinte:


Dê-me seis horas para derrubar uma árvore e passarei as quatro primeiras afiando o machado!

Sobre o autor:

Marcos Simoes

Psicanalista e Docente da EPC

Em constante transformação para uma vida melhor!

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page